terça-feira, fevereiro 22, 2005

A Fonte


Este urinol de porcelana branca assinado por R. Mutt - pseudómio do artista francês Marcel Duchamp- foi considerado por um painel de 500 artistas, críticos, historiadores e conservadores de museus a peça mais influente da arte moderna. "A Fonte", a obra criada em 1917 para o Salão dos Independentes de Nova Iorque, foi escolhida por 64 por cento dos inquiridos numa sondagem encomendada pela organização do Prémio Turner, o maior prémio britânico para as Artes Plásticas.
"A Fonte" de Duchamp é a primeira de uma lista de cinco obras que inclui duas pinturas de Pablo Picasso - "Les Demoiselles d'Avignon", 2º lugar, e "Guernica", 4º-, uma de Andy Warhol, "Marylin Diptych", 3º e outra de Henri Matisse, "O Atelier Vermelho"

2 comentários:

hamy-pros-friends disse...

exótico e despeja para a frente

Charneca Para Sempre disse...

A arte moderna despe a essência e mostra-a nua: essência nua. Pensamos sempre que näo é possível ultrapassar a esssencia. Mas em Arte tudo se pode ultrapassar.
Gosto muito desta obra. Arte para mudar, näo para confortar.